7 motivos que mostram que vale a pena investir em e-mail marketing

Desde a chegada das redes sociais, o e-mail marketing tem sido visto como uma estratégia ultrapassada. No entanto, os dados provam o contrário.

Antigamente, os e-mails eram considerados uma das formas mais intrusas de comunicação e claro, sinônimo de spam; afinal, o conteúdo não era interessante para quem os recebia e sempre acabava parando na lixeira. Mas, graças às ferramentas de automação, esse problema foi resolvido.

Hoje em dia, é possível otimizar a entrega das campanhas e segmentar o conteúdo enviado, tornando-o de fato relevante a pessoa que o recebe em sua caixa de entrada.

Alguns tipos de e-mail marketing que você pode disparar:

  • Promoções e ofertas
  • Confirmação de compras, cadastro e inscrições em eventos
  • Newsletter

Além disso, segundo uma pesquisa realizada pela Pew Research, 92% dos adultos utilizam e-mail como um canal de comunicação. Sendo assim, já que trata-se de um meio tão utilizado, porque não investir em uma boa estratégia de marketing para o e-mail?

Por isso, neste artigo vamos explicar 7 motivos pelos quais essa prática pode ser tão vantajosa para um negócio e trazer ótimos resultados para as suas campanhas. Acompanhe!

1. É uma estratégia amplamente utilizada e comprovada

Em 2016, uma empresa que trabalha com ferramentas de e-mail marketing realizou uma pesquisa com mais de 3.500 profissionais — entre eles, estavam especialistas em marketing, desenvolvedores e outros. Constatou-se que 86,7% deles afirmaram que pretendem aumentar o orçamento relativo a e-mail marketing. Além disso, 71,8% dos entrevistados disseram que querem dedicar mais tempo à produção e envio de e-mails.

Isso só reforça o quanto esse método tem ganhado notoriedade. Como o e-mail marketing já foi amplamente testado e tem resultados comprovados, as companhias estão cada vez mais convencidas sobre a sua importância como ferramenta de relacionamento, marketing e vendas.

2. Permite a mensuração dos resultados de forma concreta

Todas as soluções mais conceituadas de e-mail marketing permitem que o usuário gere relatórios com diversas métricas que ajudam a avaliar o desempenho da sua campanha. Entre elas, podemos destacar a taxa de abertura e a taxa de cliques.

A taxa de abertura se refere à porcentagem de receptores que abriram a sua mensagem em relação à quantidade de pessoas selecionadas na hora do envio. Já a taxa de cliques permite acompanhar quais links presentes na sua mensagem receberam cliques e quantas vezes eles foram clicados.

Você consegue acompanhar esses números em tempo real e descobrir rapidamente se a campanha está alcançando os resultados esperados ou não. É uma noção importante para entender onde precisa melhorar para ter êxito na sua estratégia.

3. Possibilita a segmentação da audiência

De acordo com dados de outra pesquisa, conduzida por uma outra empresa de e-mail marketing, campanhas de e-mail que utilizam segmentação têm uma taxa de abertura 14,31% maior que campanhas não segmentadas. Além disso, o número de cliques em campanhas segmentadas é 100,95% maior.

A segmentação é uma forma de selecionar certos aspectos ou comportamentos do público que você deseja que receba uma determinada mensagem. Isso envolve a localização, sexo, região, tipos de interação com e-mails passados, entre outros.

Suponha que você queira fazer uma ação que só faz sentido para pessoas de uma determinada região. Ao especificar que apenas os usuários daquele local vão receber o e-mail com aquela campanha, você faz com que a campanha seja mais acertada, otimizando os seus resultados.

4. Apresenta custos reduzidos

As ferramentas de e-mail marketing costumam trabalhar com um modelo de mensalidade, cujo valor é proporcional ao número de contatos na sua base e a frequência de mensagens enviadas por mês.

Lembrando que o investimento mensal ainda permite o acesso a funcionalidades como o agendamento de envio, resposta automática, segmentação da base, editor de templates, informações sobre o desempenho da campanha e muito mais.

Como o e-mail marketing oferece todos esses benefícios a um custo tão baixo, podemos concluir que o retorno sobre o investimento, ou ROI (Return on Investment) desse tipo de estratégia é bastante elevado.

5. Ajuda a atrair mais tráfego para o seu site

Depois de conquistar a confiança dos usuários da sua lista e provar o quanto a empresa se importa em entregar informações relevantes para eles, você pode enviar avisos sobre novidades no seu site ou convidá-los para conhecer a página de um novo produto ou serviço.

Mas atenção! É importante que as pessoas que recebem os seus e-mails se sintam privilegiadas de alguma forma em fazer parte daquela base. Por isso, vale a pena pensar também em conteúdos ricos, além de promoções ou convites exclusivos para os assinantes de uma newsletter ou inscritos em uma lista de espera para o lançamento de um produto,  por exemplo.

6. Proporciona um relacionamento mais próximo com o consumidor

Uma das características do e-mail é ser um canal um tanto quanto pessoal. Se o consumidor concordou em receber os seus e-mails ao preencher um formulário de assinatura de newsletter, por exemplo, significa que ele tem algum interesse na sua marca e no que ela tem a dizer.

Sendo assim, ele espera que a empresa envie conteúdos relevantes ou indicações de materiais que sejam do seu interesse. Conforme você for enviando essas mensagens — com o cuidado de não exagerar para não correr o risco de parecer spam —, o cliente vai notar a sua preocupação genuína em fornecer informações úteis e de qualidade.

Isso representa um ótimo recurso para fortalecer a relação entre o consumidor e a marca, deixando-o mais confiante em relação à sua empresa e aumentando as chances de que ele a considere como uma autoridade no mercado.

7. Fortalece a marca

Uma consequência direta dessa visão dos clientes em relação à empresa como uma autoridade é o fortalecimento da marca.

À medida que você enviar conteúdos de qualidade e com uma frequência que não incomode, as pessoas se lembrarão mais da sua companhia e provavelmente pensarão primeiro nela quando precisarem de um produto ou serviço que você oferece.

Isso se torna ainda mais poderoso se considerarmos que, atualmente, as pessoas estão mais conectadas do que nunca e acessam o e-mail constantemente — inclusive por meio de dispositivos móveis.

Podemos perceber, portanto, que o e-mail marketing é uma excelente estratégia, ainda mais quando conta com ferramentas completas, construídas especificamente para facilitar a preparação de ações por e-mail e o envio dessas mensagens para toda a base.

Percebeu como investir em e-mail marketing pode fazer toda diferença para uma empresa, e ser a estratégia que faltava para o sucesso das suas campanhas daqui para frente? Então vamos conversar e preparar a sua próxima campanha? 😉

Com informações de Allin

2018-02-22T14:55:52+00:00 25 outubro 2017|0 Comments